Uma gestão humana é aquela que também acolhe os animais, sobretudo os que estão em situação de rua. Quando o assunto é direito dos pets, mais uma vez, o programa de governo do candidato a prefeito do PT, Jilmar Tatto, está muito à frente dos demais – o tema sequer aparece nas propostas de Bruno, Russomano e Marcio França.

O fato de o problema ter sido “esquecido” pelos adversários só comprova que nenhum deles conhece a cidade a fundo. Para se ter ideia, na grande São Paulo, o número de animais abandonados pelas ruas não para de crescer e (segundo levantamento feito por ONGs do setor) já passa dos 2 milhões.

Mas essa história está prestes a ganhar uma nova página assim que Jilmar Tatto assumir o cargo. Suas propostas, claras e certeiras, devem gradativamente acolher o máximo possível dos pets que estão à espera de um novo lar. Aliás, uma das propostas do petista é justamente criar políticas de incentivo à adoção de animais. 

Mas chega de conversa e vamos logo ver o que o nosso candidato preparou em defesa dos direitos dos animais.

 

Propostas para os direitos dos animais:

Criação de Programa Municipal de Proteção aos Animais, responsável pela castração de animais, cuidados no transporte de cargas vivas, transporte de animais domésticos em coletivos e em espaços públicos, controle sobre as zoonoses, programas de incentivo à adoção, iniciativas relacionadas à educação, entre outras.

 

 

• Legislar sobre a venda de animais com garantia de seu bem-estar.

 

 

• Criar centros municipais para reabilitação de animais, bem como hospitais veterinários públicos.

 

 

• Criar programa de adoção de animais, em especial como estratégia de combate à depressão e isolamento na terceira idade.

 

Da Redação

CAMPANHA PREFEITO: JILMAR TATTO E VICE: ZARATTINI - PT
CNPJ: 38.639.000/0001-09

FacebookTwitterEmailFacebook Messenger