Jilmar Tatto está em todos os lugares. Nas lives, nas entrevistas, nos atos e manifestações em defesa do povo. Quem o conhece, seja quando militava ainda na juventude dentro das Comunidades Eclesiais de Base, ou quando criou alguns dos projetos mais bem sucedidos da cidade como secretário das gestões petistas, sabe que o pré-candidato petista a prefeito de SP tem trajetória consolidada na política.

Quem já o conhece sabe que Tatto é um cara da rua, do trabalho base e uma mão de obra aguerrida, incansável, mas que nem sempre esteve à frente dos holofotes. Dos bastidores, no entanto, fez muito, mas muito mesmo pela nossa cidade. Certamente você já conhece algumas das iniciativas (almoço e janta nas escolas, ciclofaixas, Bilhete Único) criadas por ele, mas (talvez) ainda não saiba tudo sobre a sua história.

Abaixo, separamos quatro fatos que vão te ajudar a saber um pouco mais sobre Jilmar Tatto. Confira:

Pais gaúchos, raízes paranaenses, coração paulistano

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad disse recentemente que “poucas pessoas conhecem a cidade como Jilmar Tatto”. De fato, se há algo que o Tatto conhece é a cidade que o acolheu desde os 13 anos de idade. De Capela do Socorro ao Tucuruvi, de Itaquera ao Centro da capital, ele nunca deixou de ir onde o povo está.

O seu amor por São Paulo é incondicional, mas Jilmar nutre também relação com dois outros estados na nação. O Rio Grande do Sul, terra onde nasceram seus pais Jácomo e da dona Inês, e o Paraná, mais especificamente no distrito de Rancho Mundo, que pertence ao pequeno município de Corbélia.

Penúltimo a nascer entre 10 irmãos, Tatto tem dois filhos paulistanos com a companheira Adli: Fernanda e César.

A voz do povo e a voz de Deus

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Tatto tem participado ativamente – e seguindo todas as orientações sanitárias – dos atos e manifestações em defesa da vida e contra o total descaso das gestões Doria e Covas pelo povo paulistano. Mas isso não é novidade na vida do pré-candidato petista. Sua vocação para a militância remete aos tempos em que frequentava encontros de grupos de jovens nas Comunidades Eclesiais de Base da Igreja Católica.

A vocação para liderança o levou a ser um dos coordenadores da Pastoral da Juventude na Região de Santo Amaro, atualmente Diocese. Não demorou para que Jilmar entrasse de vez para as lutas sociais ao organizar movimentos de solidariedade ao povo do Araguaia e a Dom Pedro Casaldáliga, bispo da região em que vivia.

Identificou-se ainda com a luta dos sem-terra, e colaborou na formação de comitês de apoio aos trabalhadores em greve no ABC Paulista, além do Comitê Santo Dias da Silva (operário assassinado em 1979). Aliás, foi a partir dos movimentos populares, que tomou conhecimento de uma legenda construída sob os pilares das lutas sociais: o Partido dos Trabalhadores, hoje um dos maiores do mundo.

Penso, logo resisto 

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

O seu Jácomo e a Dona Inês nunca proibiram os filhos de irem atrás dos seus sonhos, mas exigiam de cada um deles que jamais abandonassem a fé e a escola.  Tatto sempre diz que foi isso que o motivou a seguir com os estudos mesmo tendo entrado de maneira precoce no mercado de trabalho – com 14 anos, começou a trabalhar de office boy.

Jilmar ainda encontrava tempo para participar dos movimentos estudantis ligados à União Estadual de Estudantes (UEE/SP) e a União Nacional de Estudantes (UNE). Formado em História, hoje Jilmar Tatto é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e Mestre em Ciências pela mesma instituição.

Não à toa, a Educação é uma das principais bandeiras do projeto que Tatto quer levar para o Executivo Municipal.

Ele é 13 desde os 16

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Luis Gomes contou uma história que ilustra com precisão a relação de Jilmar Tatto com o Partido dos Trabalhadores. ” Eu lembro que você, com seus 16 anos, lá no início do PT, frequentava o Diretório Estadual do qual eu fazia parte. Desde aquela época a gente já sabia da história que você e sua família iriam construir pelo nosso partido”, disse , docente da USP, durante lançamento do manifesto de professores e professoras em defesa da pré-candidatura de Tatto.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1981, Tatto tornou-se desde então uma das grandes lideranças petistas na capital, sobretudo na periferia da Zona Sul da cidade – região em que cresceu e deu início à sua militância.

De lá para cá, foi eleito presidente do diretório municipal paulistano, depois deputado estadual, deputado federal, líder da Bancada do PT na Câmara, secretário por oito anos das gestões de Marta e Haddad e agora nome escolhido para representar o partido no próximo pleito eleitoral.

Da Redação 

 

CAMPANHA PREFEITO: JILMAR TATTO E VICE: ZARATTINI - PT
CNPJ: 38.639.000/0001-09

FacebookTwitterEmailFacebook Messenger